5 dicas para quando você está levando uma surra no Mercado Financeiro

Que atire a primeira pedra o trader que nunca teve uma fase horrível em suas operações, acumulando prejuízos em suas posições. Embora seja uma situação desagradável e que, certamente, ninguém quer passar, ela faz parte da nossa vida enquanto investidor.

Vale lembrar que o universo do trading ocorre dentro do pacote de renda variável, o que significa que nossas operações estarão expostas às oscilações naturais do mercado. Isto pode ser ótimo quando vier a nosso favor, gerando lucro, mas é algo que também vai acontecer contra nossa posição, exigindo controle emocional para lidar com perdas.

Mas, afinal, o que fazer naqueles momentos em que levamos uma surra do Mercado Financeiro? Para ajudá-lo com essa missão, separamos algumas dicas sobre como lidar com essas variações naturais dos resultados das nossas operações.

 

5 dicas para lidar com uma surra do Mercado Financeiro

Como gostamos de frisar sempre, renda variável oscila. O problema é que alguns traders, especialmente os iniciantes, olham com maior atenção para as variações positivas, esquecendo-se de que há o risco de perdas. Quando as suas operações entrarem em uma sequência ruim, tente essas cinco dicas que deixamos a seguir.

1. Reduza sua alavancagem

A alavancagem é uma das características que mais empolgam os traders nas suas primeiras operações. Por vezes, você terá um valor muito baixo no saldo da sua corretora, mas essa estratégia permite operações com quantias de capital muito maiores. E aqui já há um primeiro erro comum: olhar apenas para o potencial lucro, esquecendo-se do risco das perdas.

O uso correto da alavancagem é uma das questões mais importantes quando falamos em gestão de risco. E, vale lembrar, esse é um dos fatores vitais para o sucesso de qualquer trader. Portanto, se você não se preocupa com o gerenciamento do seu capital, recomendamos fortemente que isso passe a ser sua prioridade máxima.

Em uma sequência de operações negativas, onde você esteja perdendo dinheiro, o primeiro passo será reduzir a sua alavancagem e, desta forma, manter uma gestão de risco mais conservadora. Lembre-se: o primeiro passo para ganhar dinheiro no Mercado Financeiro é reduzindo suas perdas.

 

2. Opere em linha com o sentimento do Mercado

Outro ponto muito importante para a carreira de um trader é entender e acompanhar o sentimento do Mercado Financeiro. Por “sentimento do Mercado”, estamos nos referindo ao que fatos e acontecimentos podem refletir no comportamento dos ativos. Vamos a um exemplo.

Suponha que você esteja operando com o Dólar Australiano, uma das principais moedas do mundo em termos de liquidez. Agora, considere que você saiba de uma notícia em que o Banco Central da Austrália opte por uma redução brusca na sua taxa de juros. A tendência é que o Mercado tenha uma reação negativa, vendendo a moeda.

Uma vez que você tenha essa informação, certamente não vai querer desafiar o Mercado e estar comprado em AUD (abreviação do Dólar Australiano), certo? Esse é um ponto que parece simples, mas é tão importante que não se esquecerá com facilidade daqui em diante.

 

3. Evite stops muito apertados

Os stops de preços são muito recomendáveis para evitar estragos no seu patrimônio. No entanto, alguns traders exageram nessa proteção e colocam margens muito estreitas entre o preço de entrada e o encerramento da operação em prejuízo. E, embora pareça um pequeno detalhe, esse erro pode dar errado de muitas maneiras.

Insistimos na lembrança de que renda variável tem por característica oscilar. Ou seja, caso suas margens para o stop sejam muito apertadas, fatalmente você será “stopado” em diversas operações que não deveriam ser encerradas. Aos poucos, isso acaba consumindo o dinheiro da sua conta.

Isso sem falar do impacto emocional de ver um posição inicialmente correta gerando perdas. É verdade que você não ficar se lamentando com o que acontece em relação ao ativo após o encerramento, mas ver esse quadro com frequência pode trazer sérios danos ao seu modo de agir no Mercado.

 

4. Trabalhe o seu mindset

Não é segredo para ninguém que o aspecto psicológico é determinante na separação entre os traders lucrativos e aqueles que perdem dinheiro. Ainda assim, não é raro encontrar operadores que negligenciam o mindset na construção das suas posições. Nem precisamos dizer o quão arrisco isso é, certo?

Portanto, a natureza psicológica do seu trading não pode ser negligenciada em nenhum momento. Caso esse seja um assunto novo para você, temos diversos conteúdos em nosso site abordando questões psicológicas e atitudes de um trader de sucesso na composição de um mindset adequado para a renda variável.

 

5. Opere em linha com o sentimento recente

Por fim, mas não menos importante, precisamos abordar o sentimento recente do Mercado Financeiro. Aqui, o foco da sua atenção deve estar nos noticiários e nas informações compartilhadas pelos principais canais da mídia.

O primeiro ponto de avaliação neste sentido está sobre a ênfase e as consequências de cada tipo de notícia. Ela é realmente uma novidade para o Mercado? É algo inesperado? É, de fato, importante? Pode trazer impactos para a economia global? Questões como essa devem ser respondidas a cada informação que você receber.

Estar em sintonia com os impactos que essas notícias podem causar no preço dos ativos é um conceito chave a ser compreendido. Em muitos casos, a informação pode aparentar ser relevante, mas ser “mais do mesmo” no final das contas. Ou seja, não há um fator novidade, apenas uma nova abordagem sobre um fato já conhecido.

Ao buscar esse alinhamento entre o sentimento gerado por cada acontecimento e a sua respectiva reação do Mercado Financeiro como um todo, você perceberá uma sintonia que será vital para evitar trades desnecessários.

Gostou das nossas dicas para agir ao levar uma surra do Mercado Financeiro?

Essas foram as nossas cinco dicas para agir com calma em momentos em que suas operações começam a dar errado e você sente que está levando uma surra do Mercado Financeiro. No final do dia, a própria experiência ajudará a lidar com essas situações e entender a normalidade dos altos de baixos da vida de um trader.

E você? O que faz quando leva alguns “socos” do Mercado? Tem alguma experiência bacana para compartilhar conosco?