Quais os benefícios de operar seguindo o fluxo? Vale a pena?

Quando o assunto é trading, existem opiniões divergentes a respeito de seguir ou não o fluxo do mercado. Isto é, acompanhar as operações dos grandes players e, a partir disso, fechar suas posições de compra ou venda. 

Sem a pretensão de apresentar uma “verdade” única a respeito dessa estratégia, vamos explicar porque operar a partir dessa perspectiva pode lhe trazer resultados consistentes. Continue a leitura e saiba mais. 

Por que operar na direção dos grandes players?

Você deve ter ouvido falar exaustivamente sobre o comportamento das chamadas sardinhas e dos tubarões em operações de day trade e swing trade. Enquanto os primeiros não passam de presas vulneráveis em quaisquer oscilações, os segundos se comportam como verdadeiros donos da situação, graças a sua capacidade de “movimentar” o mercado para a direção que desejam. 

Nos movimentos conhecidos como “estilingue”, principalmente, em que temos uma queda artificial dos preços seguida de uma forte alta, podemos perceber como esses grandes players agem. Se utilizando de todo o capital que dispõem, eles provocam uma queda substancial dos preços para, posteriormente, comprar em uma posição mais vantajosa e lucrar consideravelmente. 

Esses traders operam recursos bilionários de grandes fundos, são profissionais altamente qualificados e estão em plenas condições de estar à frente desse tipo de operação. Mas para quem não está no topo dessa “cadeia alimentar”, mesmo sendo um trader de alta performance, como proceder? 

Sem a mesma capacidade técnica e, nem de longe, a mesma disponibilidade de recursos, uma possibilidade é acompanhar esse fluxo e obter os ganhos possíveis. 

Qual a importância do volume para acompanhar o fluxo?

Depois de conferir a discussão do último tópico você pode estar se perguntando: como, então, seguir o rastro desses grandes players e acompanhar o fluxo do mercado? 

Essa é uma daquelas perguntas de 1 milhão de dólares, quem souber a resposta terá tirado a sorte grande. 

A boa notícia é que existem alguns bons caminhos que podem ser seguidos. O principal deles passa por identificar o volume de compras no mercado. 

Como alguns especialistas apontam, os preços precedem o volume. Tanto é que o volume é acompanhado de perto por analistas para a identificação de tendências de alta ou de baixa. Dessa forma, podemos afirmar que, se o volume está diminuindo em meio a uma tendência de alta, concluímos que o movimento “altista” está em seu fim.

Como identificar o volume?

Agora que você já sabe qual a importância da dinâmica do volume enquanto indicador, vejamos como identifica-lo por meio de algumas abordagens e ferramentas. Acompanhe.

Volume Financeiro/Quantidade no gráfico

A dinâmica do volume pode ser identificada a partir de movimentações gráficas. Na prática, você deve analisar pontos como resistências, canais, suportes e indicadores técnicos de maneira conjunta a negociação.

Volume At Price

Volume At Price é considerado volume por faixa de preço. Com esse indicador, é possível saber se houve negociação significativa por faixa de preço. Com essa ferramenta é possível verificar, por exemplo, em quais momentos o mercado está mais brigado (alto volume) e quando os preços estão sendo rejeitados (menor volume).

Os dois “caminhos” apresentados podem ser úteis para traders de diferentes perfis identificarem a dinâmica de volume. 

Com artigo de hoje, esperamos ter trazido os melhores esclarecimentos sobre como funciona o fluxo do mercado e como obter ganhos o acompanhando. Fique atento a todos as nossas dicas e verifique o que pode ser útil no contexto de sua estratégia. 

E aproveitando que falamos hoje sobre como identificar o volume, aproveite e confira mais este conteúdo a respeito do tema.